Avaliação Fisioterápica Como Estratégia de Valorização do Fisioterapeuta

Olá Fisioterapeutas Empreendedores. Nosso assunto deste texto será a relação entre a Avaliação Fisioterápica e o posicionamento de Marketing da clínica.

Como diz um ditado popular, a primeira impressão é a que fica. Pegando carona neste ditado popular, lanço algumas perguntas para refletirmos: Como o paciente é informado sobre a avaliação fisioterápica? De que forma a Avaliação é realizada? Quanto é cobrado pela Avaliação?

Embora seja proibido pelo código de ética do Coffito, ainda vejo com muita frequência colegas ofertando seus serviços com o “benefício” da avaliação gratuita ao cliente. (Observo mais em Pilates e na Dermato Funcional).

Qual a imagem profissional você deseja passar? Qual o objetivo e o propósito dos seus serviços? Já parou para pensar e responder estas perguntas? Se a resposta for ser visto como um profissional competente e sério, que tem como objetivo e propósito agregar saúde e qualidade de vida aos seus clientes, a avaliação ganha um papel especial e estratégico neste contexto.

Com uma avaliação bem estruturada, baseada em ciência, focada no paciente, fundamentada em raciocínio clínico e com olhar sobre as funções e disfunções do movimento, fica muito mais claro o caminho no qual o cliente deve ser conduzido. Fica mais evidente todo o contexto necessário para alcançar os objetivos estabelecidos e, também, muito mais claro para o cliente o que está por vir e porque os serviços do Fisioterapeuta serão fundamentais para ele.

Como clientes, nós realizamos qualquer compra baseado no que aquele gasto nos trará de retorno. A percepção de que algo está caro ou barato está mais vinculada a percepção de quanto Valor aquele serviço ou produto nos agrega naquele momento do que ao preço desembolsado em si, especialmente nos serviços. Sendo assim quanto mais claro ao paciente ficar o que foi avaliado e quais os próximos passos e metas do atendimento, mais valor ele conseguirá perceber. Quanto mais valor recebido um cliente perceber em um serviço, mais ele estará disposto a pagar.

Outro ponto importante que vai ao encontro do raciocínio estabelecido no último parágrafo é sobre autoridade clínica. Uma avaliação de qualidade contribui para a construção de uma imagem mais profissional do Fisioterapeuta. A imagem profissional que passamos aos nossos clientes está diretamente relacionada a nossa autoridade clínica. Quando somos vistos como uma autoridade em determinados assuntos, nossas orientações são mais seguidas, o paciente adere mais ao tratamento, realiza com mais acerto e frequência as orientações domiciliares, o que aumenta a probabilidade de um desfecho mais exitoso.

Caro colega Fisioterapeuta, invista sempre seu tempo e energia para realizar uma Avaliação Fisioterápica bem personalizada e criteriosa. Utilize bem seu raciocínio clínico para estabelecer hipóteses e desenhar os melhores caminhos terapêuticos para seu paciente. Demonstre sempre ao paciente, de forma muito clara, a importância de uma boa avaliação e também os achados mais relevantes, pois quando o cliente visualiza o serviço feito ele percebe mais qualidade e te valoriza mais.

 

Sucesso e bons negócios

Últimos Posts

Deixe um comentário